Primeira superlua do ano ocorre nesta segunda-feira

Esta segunda-feira (3) será de superlua, que é a primeira das quatro que ocorrerão neste ano. Ela atingirá o pico de iluminação abaixo do horizonte às 20h39, no horário do Brasil, podendo ser vista em todo território nacional.

O fenômeno da superlua ocorre quando a Lua cheia coincide com o perigeu do satélite, que é sua maior aproximação da Terra. Assim, esse é o melhor momento para se observar a Lua, que será a chamada Superlua dos Cervos.

Embora a diferença de tamanho entre uma superlua e uma lua cheia típica possa não ser imediatamente aparente a olho nu, o The Old Farmer’s Almanac diz esta será mais luminosa e estará a 361.934 quilômetros da Terra. A lua cheia parecerá ser cerca de 7% maior.

Superluas

Embora a maioria dos anos tenha 12 luas cheias, 2023 terá 13 desses eventos lunares. Haverá duas superluas em agosto, incluindo uma lua azul, que será a lua mais próxima da Terra este ano, de acordo com o The Old Farmer’s Almanac. A quarta e última superlua em 2023 nascerá em 29 de setembro.

3 de julho: Lua dos Cervos
1º de agosto: Lua de Esturjão
30 de agosto: Lua Azul
29 de setembro: Lua Cheia
28 de outubro: Lua do Caçador
27 de novembro: Lua do castor
26 de dezembro: Lua Fria

Eclipses

As pessoas nas Américas do Norte, Central e do Sul poderão ver um eclipse solar anular em 14 de outubro.

Durante o eclipse solar, a lua passará entre as sol e a Terra em ou perto de seu ponto mais distante da Terra. A lua parecerá menor que o sol e cercada por um halo brilhante.

Um eclipse lunar parcial também ocorrerá em 28 de outubro. Apenas parte da lua passará para a sombra, pois o sol, a Terra e a lua não se alinharão completamente. Este eclipse parcial será visível na Europa, Ásia, Austrália, partes da América do Norte e grande parte da África do Sul.

Tribuna do Norte

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.